Como escolher seu sofá

SOFÁ NA DECORAÇÃO

Na sala, o sofá é a peça mais importante, tanto para a decoração como para o conforto. Além disso, ele é o móvel mais usado no dia a dia, seja para relaxar com a família, assistir televisão ou simplesmente ler um bom. Não é à toa que a escolha do sofá é tão importante para a estética e par ao funcionamento desse ambiente. Confira aqui algumas dicas de como escolher seu sofá!

Para ter uma sala de estar que proporcione aconchego, acomode todo mundo e ainda contribua para o visual do ambiente, o sofá precisa ser muito bem escolhido. Para não errar é necessário analisar vários fatores. Para ajudar, separamos algumas dicas para que você possa escolher o sofá ideal para a sua casa.

COMO ESCOLHER SEU SOFÁ

O sofá é uma peça chave e tem um apelo estético muito grande na decoração. E por isso, o primeiro fator que influencia uma boa escolha é o tamanho. A peça precisa condizer com as medidas da sua sala, caso contrário a circulação fica comprometida e a decoração fica com um visual muito carregado. Para um espaço adequado, é necessário deixar pelo menos 70 cm em volta do móvel.

Depois é hora de pensar no conforto, o seu sofá precisa ter encosto e assento firmes e macios na medida. Quando for comprar não tenha medo de experimentar e se jogar no sofá. Outro detalhe que merece atenção é o tecido. Ele precisa ser fácil de higienizar e de manter limpo, para deixar a sua rotina mais prática. Quem tem criança e animais de estimação em casa deve investir em tons mais escuros. O couro e couro sintético são os modelos mais fáceis de limpar.

E depois que o sofá já estiver comprado e instalado invista em detalhes. Coloque almofadas coloridas ou mantas para proteger e deixar o móvel muito mais charmoso.

Confira a galeria:

Um toque de cor

Você já ouviu que tudo branquinho é melhor?

A verdade é que usar cores fortes na decoração não é nada fácil. Normalmente optamos por cores neutras: branco, bege, cinza; para não corrermos risco de errar. Esse asseguramento faz com que tenhamos todos os cômodos da casa com o mesmo padrão, sem toques descontraídos e, em alguns casos, sem personalidade. Sempre surgem dúvidas na hora de escolher cores que fiquem bonitas juntas e que não “briguem”, mas as vezes é muito difícil ter essa noção do resultado final.

Para ajudar nessa harmonia, temos a possibilidade de escolher uma cor para ser o grande destaque do ambiente. Dessa forma, essa cor é realçada através de um item principal ou de detalhes e as outras cores ficam em segundo plano.