Urban Gardening

O termo urban gardening em inglês significa jardinagem urbana. Como sabemos, a busca por uma alimentação de qualidade – a tendência eat clean (“coma limpo”) – tem feito muita gente buscar por produtos orgânicos. Uma grande parte das pessoas inclusive, já planta seus alimentos em casa e é aí que o urban gardening entra. Uma série de produtos no design de produto surgiu para suprir essa demanda de mercado e facilitar realmente a vida de quem quer ter sua própria horta, mesmo em um apartamento por exemplo.

Confira alguns produtos maravilhosos!

1. The grow bag 

Também conhecidos como Smart Pots, são feitos de polipropileno e neles você pode cultivar a tão sonhada hortinha mesmo no seu apartamento! O tecido possui uma tecnologia que facilita a respiração das raízes e ajuda a evaporar o excesso de água! 

Urban Gardening

2.  Self-watering balcony planter  

Pode ser considerada uma hortinha para a sacada! Os vasos possuem um encaixe para o peitoril e o equipamento possui sistema para ajudar o desenvolvimento da planta e facilitar o manejo pelo usuário.

Urban Gardening 1Urban Gardening3

Urban Gardening4

3. Potes com temperos

A ideia é muito simples! Para executar a ideia em casa sem gastar nada, é muito fácil. Você vai precisar de vidros de conserva e um suporte para fixar na parede! Além de criatividade para montar o seu próprio layout!

Urban Gardening5

4. To bee: Casa compacta para abelhas urbanas  

Para acabar com o problema atual de não haver mais abelhas nos grandes centros urbanos as pessoas já estão “cultivando” abelhas em casa, no seu próprio jardim! É um problema bastante sério, já  que sem abelhas não existe polinização e sem polinização, nada de flores, frutas e outras delícias orgânicas que só a natureza pode oferecer.

Urban Gardening6 Urban Gardening7

E então? Além de economizar, não tem nada melhor que ter alimentos orgânicos que você mesmo cultivou não é mesmo? Mãos à obra?

Paisagismo

FLORES EM ALTA

A arquitetura paisagista tem com o objetivo montar, decorar e ornamentar quintais e jardins, buscando a melhor forma de aproveitar espaços e valorizar os ambientes. A técnica que promove projetos e cria grandes e pequenas paisagens é muito interessante e oferece inúmeras variedades e vantagens aos clientes. Por exemplo, o profissional da área fica encarregado da montagem e da escolha das plantas e flores que iram compor o visual do local, sempre levando em consideração as melhores opções de plantas para o clima da região e quantidade de luminosidade que o espaço recebe.

Apesar de ser, constantemente, confundido com a jardinagem, o paisagismo envolve todos os elementos constituintes das paisagens, sendo peças orgânicas ou não. A técnica requer cálculos, bom gosto e muita criatividade para montar lindas decorações externas, que além de beleza ofereçam praticidade aos moradores. Para colocar essa arte com as flores em prática, separamos algumas ideias e sugestões de paisagismo que podem ser facilmente feitas em casa, mesmo por aqueles sem muita experiência.

DICAS DE PAISAGISMO

Antes de começar a montar o jardim em casa, é necessário fazer um planejamento, definindo necessidades e medidas. Essa etapa determinará o sucesso do projeto. Se a ideia é montar um ambiente para relaxar e curtir a natureza, você precisa também investir em pedras ou um deck, caso contrário, se reunir a família em cima da grama, pode acabar prejudicando o seu crescimento. Uma dica para acertar na composição do jardim é apostar nos cinco sentidos do ser humano. O cheiro das flores, o barulho das folhas ou da água, a beleza do conjunto, o paladar das frutas do pomar e o tato das texturas.

Existem vários estilos de paisagismo, o mais indicado é apostar em que combinem com a parte externa da residência. Ou seja, se a sua casa tem traços clássicos e recebe uma cor mais sóbria na fachada, o ideal é investir em um jardim mais contido, com menos cores e arranjos e mais plantas verdes e pedras. É importante delimitar caminhos, locais de descanso com bancos e pérgolas, buscando valorizar ainda mais o uso dos elementos vivos. Também é possível inserir pequenos lagos e fontes no espaço. Confira algumas ideias.