Como montar um terrário

Também chamados de micro-jardins, os terrários são mini ecossistemas cultivados em recipientes de vidro, trazendo a natureza para dentro de casa. Quer saber como montar um terrário? Siga as nossas dicas!

Os terrários têm conquistado cada vez mais os corações das pessoas que amam o verde. Além de serem fáceis de fazer,  eles não ocupam muito espaço e dão um toque de natureza na decoração sem comprometer os ambientes da casa.

terrarios

O ideal é usar plantas que não crescem muito, normalmente é usado suculentas e cactos pequenos. Além das plantas, você pode usar vários modelos de pedras e objetos pequenos para decorar o seu mini jardim.

É importante saber que os terrários exigem cuidados especiais, como não são vasos (que tem aqueles furinhos embaixo) a água dos terrários permanece por muito mais tempo.  E como as suculentas não precisam de muita água, o ideal é dosar direitinho para a planta não morrer.

Essas plantinhas também amam o sol, se você for montar um terrário lembre-se de coloca-las no sol de vez em quando.

 

terrario-3

Lembre-se de regar o terrário somente quando estiver bem seco, as suculentas não gostam de terra úmida. Você pode regá-las com uma seringa, um conta-gotas ou um de bico dosador.

Não esqueça de limpar o terrário, as plantas estão vivas, trocam de folhas,  podem crescer e morrer. As folhas podem ser retiradas com uma pinça, se elas crescerem demais, você pode podá-las com uma tesoura esterilizada com álcool para não contaminar as plantas. Caso alguma morra, você deve retirá-la rapidamente para não se tornarem alimentos de fungos e bolores, podendo atingir todas as outras.

Urban Gardening

O termo urban gardening em inglês significa jardinagem urbana. Como sabemos, a busca por uma alimentação de qualidade – a tendência eat clean (“coma limpo”) – tem feito muita gente buscar por produtos orgânicos. Uma grande parte das pessoas inclusive, já planta seus alimentos em casa e é aí que o urban gardening entra. Uma série de produtos no design de produto surgiu para suprir essa demanda de mercado e facilitar realmente a vida de quem quer ter sua própria horta, mesmo em um apartamento por exemplo.

Confira alguns produtos maravilhosos!

1. The grow bag 

Também conhecidos como Smart Pots, são feitos de polipropileno e neles você pode cultivar a tão sonhada hortinha mesmo no seu apartamento! O tecido possui uma tecnologia que facilita a respiração das raízes e ajuda a evaporar o excesso de água! 

Urban Gardening

2.  Self-watering balcony planter  

Pode ser considerada uma hortinha para a sacada! Os vasos possuem um encaixe para o peitoril e o equipamento possui sistema para ajudar o desenvolvimento da planta e facilitar o manejo pelo usuário.

Urban Gardening 1Urban Gardening3

Urban Gardening4

3. Potes com temperos

A ideia é muito simples! Para executar a ideia em casa sem gastar nada, é muito fácil. Você vai precisar de vidros de conserva e um suporte para fixar na parede! Além de criatividade para montar o seu próprio layout!

Urban Gardening5

4. To bee: Casa compacta para abelhas urbanas  

Para acabar com o problema atual de não haver mais abelhas nos grandes centros urbanos as pessoas já estão “cultivando” abelhas em casa, no seu próprio jardim! É um problema bastante sério, já  que sem abelhas não existe polinização e sem polinização, nada de flores, frutas e outras delícias orgânicas que só a natureza pode oferecer.

Urban Gardening6 Urban Gardening7

E então? Além de economizar, não tem nada melhor que ter alimentos orgânicos que você mesmo cultivou não é mesmo? Mãos à obra?

Modelos de jardim de inverno

Quem gosta de flores não dispensa a presença delas em nenhuma época do ano. Então, para contribuir com a decoração e embelezar a casa, a melhor maneira de dispor as plantas pelos ambientes é apostar no jardim de inverno. Essa prática tem se tornado muito comum, e até mesmo quem mora em pequenos apartamentos consegue criar um espaço destinado à elas, com muito charme e elegância. Ao inserir jardim de inverno na sala de estar, o cômodo ganha uma nova perspectiva, com um visual único e altamente elegante.

Existem muitas formas de mantar um projeto de jardim de inverno. Cada caso deve ser analisado individualmente, buscando a melhor solução para aproveitar as medidas do ambiente sem atrapalhar a circulação e trabalhar com a iluminação natural para as plantas. Para inspirar, separamos alguns modelos de jardim de inverno. Confira!

MODELOS DE JARDIM DE INVERNO

O primeiro modelo de jardim de inverno é uma opção para quem dispõe de pouco espaço em casa. A ideia é dispor as flores e plantas em vasos em um lugar mais isolado e com acesso à luz do sol. Esse formato é muito utilizado em apartamentos, que não podem receber um teto de vidro no meio da sala. Outra ideia é para compor o jardim de inverno é apostar nas pedras em combinação com plantas que sobrevivam a pouca exposição solar. Se for possível, é interessante montar um local para receber as visitas próximo ao jardim.

Quem mora em casa pode investir em uma construção bem elaborada, como por exemplo, uma estrutura de vidro inserida dentro da sala de estar. O estilo vai depender do gosto do cliente, podendo apostar em pedras e madeiras para deixar o jardim mais rustico. Ainda é possível montar o jardim de inverno embaixo da escada. Essa maneira deixa o espaço mais leve, ao mesmo tempo em que não há perdas de medida. Gosta das ideias? Então, confira a galeria:

Jardim vertical com garrafas pet

As garrafas plásticas podem ser reaproveitadas para cultivar vegetais de pequeno porte, temperos ou ervas medicinais, presas em muros e paredes ou apoiadas em suportes de diferentes materiais. A ideia é aproveitar pequenos espaços e materiais de baixo custo para montar hortas em casas, apartamentos ou mesmo no local de trabalho. É uma forma popular de se apropriar de técnicas já existentes sustentáveis e muito econômicas.

Vocês já ouviram falar de jardins verticais?
É um sistema muito prático para se plantar flores, plantas, verduras e até mesmo legumes. São diversas opções diferentes de jardins verticais, mas todas elas têm uma coisa em comum: são principalmente colocadas em paredes ou muros que, quando o processo termina, se tornam grandes tapetes ecológicos.

É muito fácil de se fazer, confira as fotos e mãos à obra!