Como usar o pegboard na decoração e organização da casa

Não é de hoje que o pegboard caiu no gosto do brasileiro. Na verdade, ele já fazia muito sucesso lá fora quando apareceu nos projetos “faça você mesma” nacionais. Você quer saber como usar o pegboard na decoração e organização da casa? Veja as nossas dicas!

Mas, afinal, o que é pegboard? É o nome gringo para placa de eucatex perfurado e é uma mão na roda quando se fala em organizar um cômodo da casa. Isso porque a placa possui furinhos onde é possível pendurar qualquer tipo de suporte para organizar ferramentas, utensílios de cozinha ou o que mais for necessário.

Eles já foram muito usados em oficinas e garagens para organizarem ferramentas de forma prática e acessível, mas ultimamente têm aparecido no interior das residências uma vez que com eles é possível aproveitar o espaço vertical e organizar acessórios de maneira simples e fácil. Você pode pintá-los, recortá-los no tamanho que quiser e usá-los onde achar melhor.

No hall de entrada, por exemplo, eles podem servir para organizar recados, lembretes e a correspondência, sem falar que deixam a decoração muito mais bonita. Você pode confeccionar um cabideiro super criativo usando pegboard, lã, agulha e puxadores: os furinhos no painel permitem a confecção do maxi ponto cruz e você pode escrever ou desenhar o que quiser!

E falando em decoração, ele pode ir atrás da cama, ocupando o lugar da cabeceira, decorando o quarto e organizando itens diversos!

São ainda mais comuns em ateliês e escritórios, uma vez que podem guardar itens de pintura e costura e até mesmo itens essenciais de escritório, organizando-os e deixando-os sempre ao alcance das mãos! Em garagens, podem organizar ferramentas como martelos, chaves, furadeira e pregos!

Eles também aparecem na cozinha, organizando temperos, utensílios e panelas, permitindo o acesso fácil e rápido às coisas. Já na lavanderia, o pegboard pode ajudar organizando vassouras, rodos, escovas e toda sorte de itens de limpeza.

Eles também podem guardar e organizar brinquedos no quarto das crianças! Ou, quem sabe, suas bijuterias e joias!

São várias possibilidades e o resultado é incrível sempre! Gostaram das inspirações de hoje de como usar o pegboard na decoração e organização da casa? Alguém aí tem um painel desses em casa?

Urban Gardening

O termo urban gardening em inglês significa jardinagem urbana. Como sabemos, a busca por uma alimentação de qualidade – a tendência eat clean (“coma limpo”) – tem feito muita gente buscar por produtos orgânicos. Uma grande parte das pessoas inclusive, já planta seus alimentos em casa e é aí que o urban gardening entra. Uma série de produtos no design de produto surgiu para suprir essa demanda de mercado e facilitar realmente a vida de quem quer ter sua própria horta, mesmo em um apartamento por exemplo.

Confira alguns produtos maravilhosos!

1. The grow bag 

Também conhecidos como Smart Pots, são feitos de polipropileno e neles você pode cultivar a tão sonhada hortinha mesmo no seu apartamento! O tecido possui uma tecnologia que facilita a respiração das raízes e ajuda a evaporar o excesso de água! 

Urban Gardening

2.  Self-watering balcony planter  

Pode ser considerada uma hortinha para a sacada! Os vasos possuem um encaixe para o peitoril e o equipamento possui sistema para ajudar o desenvolvimento da planta e facilitar o manejo pelo usuário.

Urban Gardening 1Urban Gardening3

Urban Gardening4

3. Potes com temperos

A ideia é muito simples! Para executar a ideia em casa sem gastar nada, é muito fácil. Você vai precisar de vidros de conserva e um suporte para fixar na parede! Além de criatividade para montar o seu próprio layout!

Urban Gardening5

4. To bee: Casa compacta para abelhas urbanas  

Para acabar com o problema atual de não haver mais abelhas nos grandes centros urbanos as pessoas já estão “cultivando” abelhas em casa, no seu próprio jardim! É um problema bastante sério, já  que sem abelhas não existe polinização e sem polinização, nada de flores, frutas e outras delícias orgânicas que só a natureza pode oferecer.

Urban Gardening6 Urban Gardening7

E então? Além de economizar, não tem nada melhor que ter alimentos orgânicos que você mesmo cultivou não é mesmo? Mãos à obra?

Como decorar sem gastar quase nada

Quer aprender como decorar sem gastar quase nada?! Basta seguir essas dicas simples!

Se você é daquelas pessoas que sonha ter uma casa bacana e bem decorada, mas quando olha fotos de decoração pensa que não tem dinheiro para isso, saiba que tem coisas muito simples que podemos fazer em nossa casa no dia a dia que vão fazer de sua casa um lugar lindo e acolhedor para se viver!

1. Mantenha a casa limpa e organizada

Ter a casa limpa e organizada ajuda na sensação de bem estar. Então procure deixar sua cama sempre arrumada antes de sair de casa. Não deixe acumular louça na pia. E mantenha os banheiros sempre limpos. Quando você mantém a casa limpa não precisa fazer aquele super esforço para limpar ela uma vez por mês, porque na verdade você a mantém limpa! E quando fazemos isso a sensação de bem estar ao chegar em casa depois de um dia cansativo de trabalho é muito maior. Eu sei que não é fácil, tenho um filho pequeno de 5 anos e tenho que chegar em casa e me virar em mil. Mas tento deixar tudo organizado antes de ir dormir e posso garantir que ajuda muito.

Como decorar sem gastar quase nada

2. Invista em pequenas coisas que alegram a casa

Flores, são lindas, enfeitam a casa e trazem uma energia muito boa para casa. Eu compro todo sábado na feira de orgânicos! Sempre tem alguma barraquinha que vende flores e com preço ótimo! Outra coisa são velas, também são ótimas para decorar e se for com aroma então perfeito!Como decorar sem gastar quase nada 1

Como decorar sem gastar quase nada 3

3. Use o que você tem

Não guarde aquela louça e aqueles copos incríveis que você comprou para uma ocasião especial. Use-as! Sinta- se especial todos os dias!

Como decorar sem gastar quase nada 4

4. Garimpe

Procure peças em briques e antiquários, você encontra coisas lindas por R$10,00 (prometo que vou fazer uma matéria sobre como garimpar coisas incríveis com preços ótimos!)

Como decorar sem gastar quase nada 5

5. Receba seus amigos em casa

Seus amigos não querem saber se sua casa é um luxo, mas sim querem dividir momentos com você. Então faça aquele jantar bacana que você aprendeu em um dos milhares de programas de culinária que existem na tv e convide-os. Nada alegra e enfeita mais sua casa do que a presença de pessoas amadas!

Como decorar sem gastar quase nada 6

Qual a principal diferença entre um arquiteto e um engenheiro

O que é arquitetura e o que faz o arquiteto? Quais as diferenças deste profissional em relação ao engenheiro civil? Descubra aqui no IdeiaDecorar qual a principal diferença entre um arquiteto e um engenheiro!

Tanto o Arquiteto quanto o Engenheiro Civil são profissionais muito importantes se você pensa em construir uma casa, por exemplo. No entanto, nem sempre as diferenças entre essas duas áreas ficam claras e, daí, como saber se ambos são necessários para a minha obra e qual eu devo contratar? Veja a seguir as diferenças e as semelhanças entre esses dois profissionais e faça uma escolha acertada!

índice

ARQUITETURA

A formação acadêmica do arquiteto aborda mais a área “humana” da construção, de forma que esse profissional é responsável por conversar com o cliente, entender o que ele espera da edificação e, com isso, elaborar um projeto que contemple suas preferências. Na prática , geralmente é o arquiteto é quem dá início à obra, planejando-a conforme as vontades do cliente.

Nesta planta que o profissional elabora, é representada a melhor maneira de aproveitar os espaços, além de ideias ligadas ao paisagismo e design de ambientes. Note que o arquiteto não só leva em conta apenas as preferências da pessoa para esse projeto, mas também estuda as condições do ambiente, como iluminação e ventilação, para fornecer um desenho que garanta conforto e qualidade.

ENGENHARIA CIVIL

O engenheiro civil tem uma formação acadêmica mais voltada para a área das “exatas”, incluindo várias disciplinas ligadas à matemática e à física. Desse modo, este profissional está mais habituado a fazer os cálculos necessários para concretizar o trabalho do arquiteto com total segurança.

Geralmente o engenheiro se envolve mais com a parte estrutural da construção. Ele analisa as forças a que a edificação estará sujeita, como o tipo de solo e a intensidade de ventos na área. Assim, dimensiona o tamanho e a quantidade de colunas necessárias, faz a distribuição de cargas em cada ambiente e especifica os melhores materiais a serem utilizados na obra visando à economia e à estabilidade da construção. Normalmente é o engenheiro civil que indica as instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias, bem como acompanha o desenvolvimento da obra para que tudo seja feito conforme especificado e denrto das normas. Este profissional, por formação, também está habilitado para coordenar a construção de outras obras, como pontes, viadutos, barragens e estradas.

Diferenças:

Em termos legais, tanto o Arquiteto e o Engenheiro podem atuar na edificação, se responsabilizando pelos projetos, execução e fiscalização das obras. Porém, a diferença desses profissionais está principalmente na sua formação acadêmica, que tem focos diferenciados. E, por isso, cada um atua muito melhor em um aspecto específico da construção do que o outro.

Semelhanças:

Embora o Arquiteto e o Engenheiro Civil atuem com focos diferentes, legalmente ambos têm atribuições profissionais semelhantes, podendo atuar no projeto e na construção de edificações. Dessa forma, em função do custo envolvido na contratação de dois profissionais, acontece frequentemente de pessoas contratarem apenas um deles para a sua construção, tornando-o responsável por todas as partes do projeto e de sua aplicação.

A Arquitetura e a Engenharia Civil são áreas correlatas e, por isso, é relativamente comum que um engenheiro tenha noções sobre o trabalho do arquiteto e vice-versa. Contudo, é preciso lembrar que estas semelhanças, embora até possam fazer com que apenas um profissional atue na sua construção, não garantem um trabalho com qualidade total.

É sempre preferível que Arquiteto e Engenheiro Civil trabalhem juntos, pois o serviço especializado de cada um faz muita diferença no resultado final, bem como na qualidade dos projetos

Com a atuação desses dois profissionais em sua obra, você poderá ter a certeza de uma construção não apenas segura, mas também bela e confortável!

Ideias de decoração com washi tapes

Washi Tape não é nenhuma novidade no universo da decoração. As fitas são chamadas de “washi tapes” porque são feitas com papel de arroz, mais conhecido como washi. A ideia virou uma febre geral entre todo mundo que curte decoração e artesanato. Confira algumas ideias de decoração com washi tapes!

Com elas, qualquer coisa ganha ares charmosinho. Um abajur de cúpula pequeninha, por exemplo, fica mais colorido e interessante com apenas algumas faixas. A garrafa vira um lindo vasinho colorido!

Esse é um bom jeito de renovar aquela peça que ainda está boa, mas que você já enjoou da cara, sabe?

A pintura da porta está desgastada ou precisa apenas de um toque de cor? Washi tape it! Ou seja, cola uma fita ali! Você pode ir formando linhas desencontradas, molduras e até padronagens.

Agora a grande sacada é usá-las na parede. Com criatividade pode-se formar diversos desenhos e assim, elas viram cabeceiras de cama, molduras, brinquedo para as crianças. Uma ótima artimanha para evitar os furos na parede ou pintura, para quem mora de aluguel.

As Washi Tapes são vendidas por uma bagatela no Ebay. Mas, se tiver dificuldade em comprar, não desanime. Dá pra utilizar fita isolante, durex colorido, e até mesmo o velho vinil adesivo cortado em tiras. Gostou?

 

Tapete ideal para qualquer ambiente

Quase todos nós temos tapetes ou carpetes em casa, quando você olha com mais atenção eles estão por toda parte. Pode parecer que não vale nem a pena falar sobre eles, no entanto, existem alguns desenhos de tapetes legais que valem a pena ver.

A primeira vista parece um grande quebra cabeça e é exatamente o que torna o tapete puzzle tão divertido, além do fato dele ser personalizado e você poder montá-lo usando as cores que mais combinam com a sua decoração.

É uma boa e criativa ideia para você ter sempre um tapete com o potencial para formar diferentes configurações de tamanhos, formas e cores.

 

Mesa do computador limpa – Conheça o suporte de mesa para monitores

Eis que falamos mais uma vez de escritórios, mesas de trabalho, jogos e tudo mais – como falamos frequentemente aqui, há sempre um problema para manter a organização e a limpeza do ambiente, uma dica de design para manter a mesa onde está seu computador mais organizada é utilizar um suporte para monitores de mesa – esses suportes são facilmente encontrados em lojas de decoração, escritório e até mesmo em lojas de materiais de construção (realmente já vi). Existem vários modelos disponíveis de bases sólidas, bases fixadas por braços de metal e claro, existe a possibilidade ainda de um suporte articulável que não se prende a apenas um lugar.

Existem várias vantagens na utilização destes suportes:

  1. Não é necessário furar a parede – os suportes são presos diretamente na mesa;
  2. Suporte é articulável o que permite que você gire, vire mude a posição altura e local do monitor a hora que quiser – ótimo para quem hora ou outra assiste aquele filme no computador;
  3. Mantém a parte inferior do monitor limpa e não acumula bagunça e nem poeira;
  4. Existem suportes para dois e até três monitores.

Veja a baixo alguns exemplos ótimos de suporte para monitores – e cuidado – muita gente acha que é difícil encontrar estes suportes e acaba aumentando demais o preço – bons suportes você encontra de R$ 70,00 até R$ 200,00 sem maiores problemas. Lembre sempre de verificar se a furação do suporte é compatível com o seu monitor e se suporta o peso do monitor que pretende colocar no suporte.