Ideias de decoração, faça você mesmo e interiores

Jardins suspensos

Se você mora em apartamento pequeno e adora cultivar algumas plantinhas, com certeza, já ouviu falar sobre os jardins verticais. Eles são uma excelente alternativa para organizar as flores com pouco espaço, porém não são a única. Outra opção é o chamado jardim suspenso. De uma maneira bem criativa, as flores e plantas são dispostas presas no teto e, não apenas possibilitam a criação de um pequeno jardim, como contribuem esteticamente para a decoração dos ambientes.

Lembra-se das plantinhas penduradas nas varandas na casa das avós? Então, é mais ou menos essa a ideia. Dispostas dessa maneira, as flores trazem muito benefícios para a decoração. Como por exemplo, atrair os olhares para a parte superior dos ambientes, desocupar os espaços horizontais da casa e, ainda melhorar a qualidade do ar, afinal é sempre bom ter algumas plantinhas, não é mesmo?

JARDINS SUSPENSOS

Desde a época em que nossas avós penduram as samambaias até hoje, muita coisa mudou. Os jardins suspensos ficaram um pouco mais modernos e as espécies de plantas usadas nessa técnica aumentaram bastante. Os suportes também ganharam mais variedades, podendo ser inseridos na decoração de ambientes de estilos variados. Essa forma de organizar as flores permite uma grande liberdade, você pode dispor os vasos como achar melhor.

As plantinhas mais indicadas para ter nestes jardins pendurados ao teto são espécies que demandam poucos cuidados. Afinal, com os vasos suspensos lá no alto, fica um pouco mais difícil e bem menos pratico ter que rega-las constantemente. Além das tradicionais samambaias, as suculentas também se adaptam muito bem com as alturas e criam um efeito bem interessante na decoração.

Por fim, escolha um lugar em que as plantas recebam sol. Pode ser próximo à janela ou a porta, e se o ambiente for bem iluminado, no centro do ambiente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *